sexta-feira, 24 de julho de 2015

VICENTINO SAUVIGNON BLANC 2014

Este vinho surge da Costa Vicentina, mais propriamente de Brejo Redondo, São Teotónio, Alentejo. Nas colheitas anteriores, as uvas deste produtor iam sempre para o Cortes de Cima Sauvignon Blanc, mas em 2014, este produtor viu—se obrigado a vinificar e fazer o seu próprio vinho. E sendo para fazer, fazer bem. Um Sauvignon Blanc intenso, de aroma cativante, com notas de melão verde e rama de tomate em evidência. Fruta tropical a notar—se na boca, com corpo médio, boa acidez e frescura, e um ligeiro salgado no final, devido à sua proximidade do mar. Gostei bastante e vai estar no mercado em breve, com um pvp a rondar os 11€.

terça-feira, 7 de julho de 2015

MONTE DO JOÃO MARTINS BRANCO 2014

Já tinha bebido outra colheita e na altura, achei um vinho correcto e agradável. Este 2014 encontrei—o à venda no Estoril, por 4,90€. Não hesitei, para ver como estava. Um vinho que podia beber todos os dias. Frutado, boa acidez, excelente frescura. Dá—nos prazer bebê—lo, um vinho descontraído, simples, atraente. Sim, é possível. Excelente relação qualidade/preço. Se o virem, aproveitem, pois não é fácil. Quem estiver perto do Estoril, Garrafeira Astória.

Nota: Bom

quinta-feira, 28 de maio de 2015

COLINAS RESERVA TINTO 2008



Este é um dos vinhos que gosto bastante. A sua consistência, a sua qualidade e um preço muito justo fazem deste vinho uma excelente relação qualidade/ preço. Neste momento, este 2008 está no ponto. Fruta madura ainda presente, madeira presente mas bem integrada na fruta, não se destacando em demasia, elegante, intenso e com um final bem interessante. São vinhos como este que nos fazem felizes, pois compramos a um bom preço, bebemos e ficamos a pensar que para se ter um vinho de grande qualidade não ficamos com a carteira vazia. Viva a Bairrada que tanto nos dá e não é amada por muitos.

COLINAS RESERVA 2008 | Bairrada | 14% | Tinto
Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon, Merlot

a rondar os 11€ |  Nota de prova - Muito Bom

terça-feira, 12 de maio de 2015

ALIANÇA UNDERGROUND MUSEUM, IMPERDÍVEL

Domingos Silva e Ângelo Neves, mais 9 associados, fundaram em 1927, em Sangalhos, Anadia, a Aliança. Empresa que tem mais de 80 anos a produzir espumantes, vinhos e aguardentes de grande qualidade, na altura, começaram logo a exportar para Brasil, África e Europa. Rapidamente os seus produtos ficaram conhecidos pela qualidade que tinham. Hoje, ainda produzem todos esses produtos, mais focados em espumantes e aguardentes. Devido ao preço do m2 ser extremamente caro para poderem ampliar em largura, a única hipótese foi escavar. Foi assim que puderam ter os seus vinhos e espumantes em estágio, com temperatura natural baixa. Ainda hoje têm em estágio seus produtos em alguns dos túneis, que vão dar a uma sala gigante, a principal sala de estágio. Em 2007, o Grupo Bacalhôa Vinhos de Portugal adquiriu o capital maioritário da Aliança, e foi recentemente que, fortes investimentos foram feitos e foi inaugurado o Aliança Underground Museum, onde se pode visitar e apreciar 9 colecções extraordinárias do mundo, com milhões de anos. Uma exposição sempre em crescimento, com peças lindíssimas e raras, e muito bem explicadas pelo stuff que nos acompanha e nos encaminha por túneis e salas de rara beleza. Não percam esta visita, pois é sem dúvida alguma, uma excelente visita.

Obrigado a todos que me receberam tão bem. Fica aqui algumas fotos para vos entusiasmar a uma visita.

















terça-feira, 5 de maio de 2015

MARQUÊS DE BORBA TINTO 2013

Um vinho que nunca desilude. Um ícone do Alentejo, bem feito, que dá prazer, perfeito para o dia a dia. Ainda muito jovem, frutado, muito equilibrado, fácil, sem grandes pretensões de ser o que não quer ser.

Nota: Bom

quarta-feira, 22 de abril de 2015

DOMINI PLUS 2011

Simplesmente fantástico. Este vinho duriense é um vinho que nos faz ficar apaixonados pela grande complexidade com que se apresenta em cada agitar do copo. Um vinho especial, para ocasiões especiais, ou não. Assim que levamos o copo ao nariz, ficamos logo a tentar descobrir mais, e mais. Notas de fruta preta, balsâmicos, ligeiro vegetal e algum floral, tudo muito atraente. Na boca é frutado, sem ser em demasia, encorpado, com volume, enche-nos a boca. Um vinho de boa intensidade, com taninos bem firmes, pronto para beber mas a dar sinais de estrutura para guardar.  

DOMINI PLUS 2011 | Douro | 14% | Tinto
Touriga Francesa 68% | Tinta Roriz 22% | Touriga Nacional 10%

34,95€ no site do produtor |  Nota de prova - Muito Bom

ALIANÇA RESERVA BRUTO 2011

Bairrada, terra de bom espumante, para acompanhar bom leitão e outras coisas mais. Desta vez foi este Aliança Reserva Bruto 2011.  Gostei bastante, com uma bolha fina a dar elegância, excelente acidez a limpar o palato e fruta presente. Boa escolha para quem procura uma boa relação qualidade/ preço. 

Classificação: Bom

segunda-feira, 30 de março de 2015

POUCA ROUPA by JOÃO PORTUGAL RAMOS

Uma coisa que muita gente está à espera, é que venha o calor, o Verão, precisamente para poderem andar com pouca roupa. Estes vinhos são o recente lançamento de João Portugal Ramos, e é a primeira vez que o produtor faz um lançamento de um vinho desta gama, pois até agora só os topos de gama e reservas tinham esse tratamento.

Estes vinhos seguramente vão surpreender pela positiva. Vinhos com frescura, nada pesados, vinhos muito eequilibrados, onde a fruta, acidez  e alcool  são bem trabalhados para dar ao cliente um produto final muito interessante. Gostei dos 3 vinhos, mas o branco deixou-me bastante satisfeito. O Pouca Roupa Tinto é feito com as castas Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Alfrocheiro, o Pouca Roupa Branco 2014 com as castas Verdelho, Sauvignon Blanc e Viosinho, e o Rosé Pouca Roupa 2014 é feito com Aragonez, Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon. Estes são os primeiros vinhos de João Portugal Ramos e seu filho João Maria, que teve um papel muito importante, pois é ele que seguiu todo o processo e vai continuar a desenvolvê-lo. Vinhos jovens, fáceis, para estar à conversa com amigos ou um simples jantar descontraído. Sempre com Pouca Roupa.